Notícias

CELSE traz para Sergipe a maior termoelétrica a gás natural da América Latina

 
Com 1.551 MW de potência, a Usina Termoelétrica Porto de Sergipe terá capacidade equivalente a 15% da demanda de energia do NordesteCom 1.551 MW de potência, a Usina Termoelétrica Porto de Sergipe terá capacidade equivalente a 15% da demanda de energia do Nordeste.
 
A CELSE - Centrais Elétricas de Sergipe, empresa criada pela brasileira EBRASIL - Eletricidade do Brasil - e a Golar Power (joint-venture entre a norueguesa Golar LNG e o fundo de investimentos americano Stonepeak Infrastructure Partners), é a responsável pela implantação do Complexo Termoelétrico Porto de Sergipe I, em Barra dos Coqueiros – SE, o que representa um investimento de R$ 5 bilhões para a região. Esse é o maior investimento privado já feito no Estado.
 
“Além de estimular o desenvolvimento local, a usina trará uma solução mais eficaz e muito mais limpa que o diesel e o carvão, combustíveis usados hoje em diversas termoelétricas brasileiras, utilizadas para suprir a demanda de energia em períodos de seca”, explica Pedro Litsek, presidente da CELSE.
 
Atualmente, a obra está em fase de construção civil e será finalizada até 2019, quando tem início a fase de testes e comissionamento. Em janeiro de 2020, a usina estará pronta para começar a fornecer energia comercialmente.
 
A planta do Complexo é composta pela Usina Termoelétrica Porto de Sergipe, que processará gás natural em energia elétrica; Linha de Transmissão, que levará energia até a rede de transmissão; e as Instalações Offshore, que contemplam uma unidade de armazenamento e regaseificação do Gás Natural Liquefeito (GNL) e transporte até a usina. Toda essa estrutura utilizará tecnologia de ponta, o que otimizará a usina em seu nível mais elevado de produção.
 
Do ponto de vista ambiental, o GNL é opção muito mais limpa que outros combustíveis, representando até 90% menos emissões se comparado com as termoelétricas a diesel. Além disso, para implantação, serão consideradas soluções tecnológicas para gerar impactos socioambientais mínimos, como por exemplo, a utilização de água do mar em todo o processo da usina, evitando assim, que seja usada água potável e de abastecimento da região, minimizando o impacto na rede de água local.
 
Sobre a CELSE
 
A CELSE – Centrais Elétricas de Sergipe S.A., empresa criada pela brasileira EBRASIL-Eletricidade do Brasil e a Golar Power (joint-venture entre a norueguesa Golar LNG e o fundo de investimentos americano Stonepeak Infrastructure Partners), foi fundada em 2015 para a geração e comercialização de energia elétrica a partir de unidades geradoras de energia termoelétrica a gás. A empresa, instalada no estado de Sergipe em um terreno de 120 hectares, no município de Barra dos Coqueiros, terá uma capacidade instalada de 1.551 MW. A CELSE foi vitoriosa no Leilão de Energia Nova A-5 em abril de 2015, estabelecendo 26 contratos para entrar em operação comercial em janeiro de 2020.